Redes Sociais
Secretário Eduardo Lopes recebe representantes da Brasil Mata Viva
Destaques, Noticias, Seappa | fevereiro 28, 2019 em 12:39
A- A+

Proposta é analisar parceria para implementação do Selo Verde no Rio de Janeiro

Por: Amilton Lopes / Foto: Jean Fabrício

Os representantes da empresa Brasil Mata Viva (BMV), Edmundo Silva e Marcelo Costa, estiveram nesta quarta-feira (27), na Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa) com o objetivo de firmar parceria para a implementação do chamado Selo Verde para o estado.

Estiveram presentes ao encontro o secretário Eduardo Lopes, os presidentes da Emater-Rio, Sergio Lemberck, e da Pesagro, Nilton Leal; os subsecretários Aguinaldo Balon, Ramon Neves e Adriano Lopes; e o assessor técnico especial da Seappa, Luís Castillo.

Segundo os representantes da BMV, a ideia, que já tem sido realizada em estados como Amapá, Goiás e São Paulo, traz como princípio compensar financeiramente iniciativas que colaborem para a preservação de maneira sustentável do meio ambiente e das riquezas verdes.

“Nossa missão é fortalecer a economia do estado do Rio de Janeiro, ao mesmo tempo em que melhora a qualidade de vida da população, em especial a dos produtores rurais”, afirmou Marcelo Costa.

Edmundo Silva explicou mais detalhadamente o Padrão BMV aos participantes da reunião. “O programa abriga projetos que visam a conciliar a proteção do ambiente natural à valorização e à melhoria da condição da vida humana. Através da articulação com parceiros, empresas, universidades e cientistas de diversas partes do mundo, desenvolvemos um novo modelo econômico replicável com preservação ambiental, desenvolvimento das comunidades rurais e bases sustentáveis para todo o processo produtivo”, destacou. 

Para o secretário de Agricultura Eduardo Lopes, propostas como esta são bem-vindas quando favorecem o desenvolvimento do estado. “O potencial de desenvolvimento, conforme a proposta, é interessante para o segmento agrário do Rio de Janeiro. Certamente trará avanços econômicos, ambientais e sociais para o setor, bem como possibilitará recuperar o prestígio da agropecuária, uma vez que o viés da sustentabilidade ambiental, associado ao negócio rural, é fator determinante na adoção do “selo verde” e que, hoje, é elemento de agregação de valor aos produtos ofertados”, disse.

Para prosseguir com a parceria ficou acertada uma nova reunião para avaliar a oportunidade de implantação desse importante projeto no Estado do Rio de Janeiro com o apoio da Seappa.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.