Redes Sociais
Secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento Eduardo Lopes toma posse na UFF
Destaques, Noticias, Seappa | janeiro 18, 2019 em 16:34
A- A+

Governador Wilson Witzel e deputados do PRB também compareceram à solenidade

Secretário da SEAPPA Eduardo Lopes (Foto: Jean Fabricio)

O secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa), Eduardo Lopes, foi empossado, nesta quarta-feira (16), no teatro da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, região metropolitana do Rio. Com a presença do governador Wilson Witzel, secretários de estado, presidentes das empresas vinculadas Fiperj, Emater, Ceasa e Pesagro; deputados, vereadores e demais autoridades, ele destacou a Lei 8244/18, de autoria do deputado estadual do PRB, Carlos Macedo, que obriga a inclusão majoritária de produtos derivados da produção rural do estado nas refeições produzidas pelas instituições públicas, como escolas, hospitais e presídios.

Secretário Eduardo Lopes em seu discurso
(Foto: Jean Fabricio)

“São ações como estas devem beneficiar mais de dez mil famílias de pequenos produtores, já que a compra, inclusive, será realizada por meio das próprias associações e cooperativas dos pequenos produtores rurais, o que gera um crescimento um crescimento de produção e de venda por parte deles”, afirmou.

Ele destacou que a produção total do agronegócio no Estado do Rio de Janeiro, levando em conta toda a cadeia produtiva, fica em torno de R$ 18 bilhões, o que corresponde a 3% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual, e que a meta do governo é desenvolver a área, a fim de que se torne responsável por 10% do PIB. “Nossa ambição é que o agronegócio no Rio de Janeiro atinja R$ 66 bilhões ao ano, após os quatro anos de gestão”, frisou.

O secretário revelou que quer investir na integração das cadeias produtivas de alimentos às fontes modernas de distribuição e logística, com atenção especial aos pequenos agricultores, já que 72% dos estabelecimentos rurais do estado possuem os seus processos produtivos desenvolvidos pelos agricultores com até 20 hectares de área. 

“Vamos dobrar o volume de crédito rural aplicado nos dois primeiros anos de governo. De imediato, queremos restabelecer o aporte de US$ 10 milhões, referente a saldo não executado do financiamento como o Banco Mundial para o Programa Rio Rural, a fim de promover o desenvolvimento sustentável”.

O secretário esclareceu ainda que o estado do Rio tem terceira arrecadação bruta e o segundo PIB do Brasil, mas ainda assim importa grande parte dos produtos agrícolas.

“O Rio de Janeiro é um estado forte, só que, na agricultura, na pecuária e na pesca, em especial na agricultura, importa 70% dos legumes, verduras e frutas consumidos no estado. Por isso, temos que reverter essa situação, importar menos e produzir mais, quem sabe até exportar”, disse.

Eduardo Lopes disse que o diferencial de sua gestão está na equipe técnica que dispõe para alcançar as metas estabelecidas junto ao governador do Estado. “O diferencial de nossa gestão, que conta com uma equipe altamente qualificada e técnica, é considerar cada indivíduo como peça elementar e indutora no desenvolvimento sustentável agropecuário, aquícola e pesqueiro. E não mediremos esforços para atingirmos as metas e compromissos assumidos com o governador Wilson Witzel e com toda a população de nosso Estado”, declarou.

Governador Wilson Witzel em seu discurso
(Foto: Jean Fabricio)

Em seu pronunciamento, o governador Wilson Witzel lembrou que não existe nenhum tipo de legado deixado pela última gestão do Palácio Guanabara e que a situação da pasta pode ser considerada como “sofrível”, mas anunciou que a meta para a agricultura, pecuária, pesca e abastecimento será alcançar o patamar de 10% do PIB estadual.

“A realidade da agricultura do estado é sofrível, nós não podemos dizer que temos uma herança porque, infelizmente, a agricultura tem sofrido muito. As razões são várias, mas vamos nos esforçar para que a nossa agricultura chegue a representar 10% do nosso produto interno bruto. É algo que pode ser ousado, mas confio no trabalho do secretário Eduardo Lopes, especialmente no fortalecimento da agricultura familiar e do nosso mercado internos”, disse.

Governador Wilson Witzel dá posse ao secretário Eduardo Lopes a SEAPPA
(Foto: Jean Fabricio)

Na presença das autoridades, entre elas os parlamentares do PRB, a deputada federal Rosangela Gomes e os deputados da Assembleia Legislativa (Alerj) Carlos Macedo e Danniel Librelon, o secretário Eduardo Lopes agradeceu o comparecimento de todos, em especial, ao reitor da UFF, o professor Antonio Cláudio Lucas de Nóbrega, por ter cedido o teatro da universidade para a realização da solenidade de posse.

Compuseram a mesa da solenidade o governador do Rio, Wilson Witzel, os subsecretários de Estado, Aguinaldo Balon e Ramon de Paula Neves, e o reitor da UFF, Antonio Cláudio Lucas de Nóbrega. 


Ascom da Seappa

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.