Redes Sociais
Seappa estuda parcerias para viabilizar píer do Gradim, em São Gonçalo
Destaques, Noticias, Seappa | abril 4, 2019 em 17:30
A- A+

Prefeito Luiz Nanci espera o apoio para que prefeitura passe a administrar área gerenciada pela Petrobras

Por Cristina Cruz

O Secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado, Eduardo Lopes, participou de uma reunião na tarde desta quinta-feira (4), na sede da Seappa, onde recebeu o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, o vereador Salvador Soares, e o secretário de Governo do município, Rodrigo Miranda. Em pauta assuntos ligados ao crescimento econômico do município de São Gonçalo com vistas aos interesses dos produtores de pescados locais.

A parceria deverá ser feita entre a Seappa e a Fiperj para mediar a negociação com a Petrobras do píer existente no bairro do Gradim. A ideia é que passe a responsabilidade para a prefeitura de São Gonçalo e em seguida para o Estado. Atualmente o píer atende a mais de 200 famílias na região.

“Temos um projeto parado chamado cidade da pesca e há alguns grupos empresariais interessados nessa questão. O píer é o ponto principal para tudo, vai receber embarcações para desembarcar pescado, peças, entre outros. Isso vai ajudar a gerar emprego renda e lazer para o município”, disse Vicenildo Medeiros, presidente da Fiperj.

Ao mesmo tempo, outro objetivo é retomar a escola da pesca, que atenderá e capacitará com cursos os pescadores da região dentro da Faetec, localizada no bairro Gradim e que presta cursos beneficiando mais de 50 famílias de pescadores da região.

“Queremos assumir a escola de pesca, pois hoje o funcionamento está precário. Vamos investir em capacitação técnica dos pescadores com cursos de graduação e pós-graduação, inclusive de Ciências Agrárias, com atendimento e assistência para cada um deles. O apoio da Seappa será imprescincível para que os objetivos sejam concretizados em favor dos pescadores do Gradim e arredores”, ressaltou o secretário.

Um outro assunto debatido foi o projeto para que São Gonçalo seja o polo de referência em piscicultura na região metropolitana. Para isso acontecer serão necessárias algumas etapas importantes, como, por exemplo: a qualificação dos produtores, a conscientizaação sobre o que é a piscicultura e as técnicas que envolvem, e depois a implantação do projeto.

Segundo o secretário Eduardo Lopes, o polo tem como objetivo aumentar a renda, emprego e qualidade de vida para o município. “Todo os projetos demandam parcerias e ações, e nós, com o aporte técnico dos servidores das empresas vinculadas, pretendemos dar o que for necessário e possível para beneficiar os pescadores e produtores, dando-lhes renda, empregabilidade e qualidade de vida”.

Eduardo Lopes disse ainda sobre um projeto da Seappa chamado “Pesca Viva”, que visa à revitalização da Praia das Pedrinhas. Segundo ele, a primeira fase de estudo e a viabilização já está concluída, e logo será entregue à prefeitura e São Gonçalo para que o projeto possa partir para a segunda etapa, que é a execução.

Tags:
Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.