Redes Sociais
Plano de metas de 180 dias é debatido na Seappa
Destaques, Noticias, Seappa | junho 4, 2019 em 12:49
A- A+

Secretário Eduardo Lopes vê ações estratégicas avançadas com otimismo

Por Cristina Cruz

O secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa), Eduardo Lopes, participou na tarde desta segunda-feira (3), de uma reunião para tratar a integração entre as equipes da Emater e Seappa, nesta nova gestão da Secretaria de Agricultura do Estado. Além da integraçãl, foi discutida também as projeções para o plano dos 180 dias, questões sobre: os programas Rio Rural, Estradas da Produção, Emater Legal e demais assuntos rumo à melhoria da qualidade das atividades da Seappa e das empresas vinculadas.

Estiveram presentes: o secretário de Agricultura, Eduardo Lopes; o presidente da Emater-Rio, Sérgio Lemberck; a diretora administrativa-financeira da empresa, Karla Alverca; o diretor técnico, Fernando Cirne; e o subsecretário de Gestão, Aguinaldo Balon. Os diretores, coordenadores e superintendentes da Emater fluminense também estiveram participaram do encontro.

O secretário Eduardo Lopes explicou que o governo começou a gestão sem o Programa Rio Rural, que, segundo ele, “é um grande irrigador da Secretaria”, disse ainda que a Seappa está trabalhando na prestação de contas com objetivo na renovação de contrato.

“O Rio Rural representava dentro da Seappa cerca de R$ 10 milhões por mês. Com este recurso foram adquiridos diversos equipamentos. Hoje, o orçamento anual da Secretaria significa o que era disponibilizado mensalmente pelo Rio Rural. Uma situação muito delicada que estamos, juntos, trabalhando para mudar, ” disse.

O encontro também teve como objetivo debater a importância do trabalho corporativo conjugado entre as várias linhas de comando da Emater para melhor desdobramento das diretrizes referentes às metas e resultados alcançados em relação ao planejamento de 180 dias em andamento.

O presidente da Emater-Rio, Sérgio Lemberck, destacou o resultado desse trabalho em equipe. “Um resultado fantástico, todos os funcionários participaram onde os projetos do agropecuário trouxeram resultados voltados para o aumento da produção e produtividade de forma sustentável para o agro no Estado do Rio de Janeiro, segundo as diretrizes do governo e desdobramento das metas do secretário Eduardo Lopes”, frisou.

A diretora Karla Alverca também explanou sobre o Programa Rio Rural. “O recurso não foi renovado até o momento, é notório que todos estão empenhados na questão do fechamento das contas. Além disso, é importante não esquecer da atualidade. Sei que temos prazo, dois meses, mas temos toda a empresa em andamento”.

Ela acrescentou: “Hoje, todos estão cientes da realidade do nosso estado, estamos numa situação financeira complicada, por outro lado os municípios precisam da atenção de vocês, por serem pessoas capacitadas e especializadas, e que podem representar o estado, levando capacidade produtiva e extensão rural para os municípios”, disse.

Eduardo Lopes encerrou falando que é preciso tratar a Secretaria de Agricultura com prioridade. “O coração da Secretaria é a Emater, onde está a extensão rural, aumentando a produtividade, além de criar novas culturas, reconhecimento do esforço dos produtores e da Emater no campo. Sabemos do valor e da importância do trabalho da Emater. Nosso alvo é dar as melhores condições para que nossos servidores e técnicos possam desenvolver o seu trabalho. E como sempre costumo dizer em relação aos municípios: cada um com seus problemas e todos com muitos problemas, esta é nossa realidade e só com muito trabalho vamos mudar isso, finalizou o secretário.

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.