Redes Sociais
Negócios com foco nos produtores rurais são discutidos na Seappa
Noticias, Seappa | março 12, 2019 em 13:06
A- A+

Evento reuniu responsáveis das Secretarias de Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Clube Orgânico

Por Fernanda Lavor / Fotos: Junior Marques

Os representantes do Clube Orgânico, Vítor Piranda e Frederico Dantas, e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e Renda (Sedeger), Sandro Felício e Alexandre Cerotto, estiveram na manhã desta segunda-feira (11), na Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Rio (Seappa), junto dos subsecretários adjuntos Adriano Lopes e Edmir Amanajás; o técnico da Emater-Rio, Sérgio Siciliano, e o assessor do subsecretário Ramon Neves, Victor Caldas. Objetivo foi apresentar propostas de um modelo de gestão de negócios voltada para a distribuição de produtos orgânicos.

“A ideia apresentada pelo Clube Orgânico é de um modelo de negócios que trabalha diretamente com os produtores de orgânicos, além de acelerar a economia rural em torno da produção orgânica, com uma proposta que envolve a qualificação para a inserção dos produtos em novos nichos de mercado de negócios”, afirmou Edmir.

Segundo ele, o projeto surgiu como uma startup de negócios e pretende chegar ao consumidor por meio dos supermercados. “A princípio eles estão trabalhando com um mercado consumidor certo, possuindo uma grande demanda e, posteriormente, visa trabalhar numa popularização desses produtos, a fim de que cheguem até o consumidor pelos meios tradicionais, que são os supermercados, mas sem deixar de envolver toda uma proposta de mudança de consciência da cultura alimentar”, destacou.

Para Sandro Felício, será importante “alinhar o que realmente fará parte dessa primeira fase do projeto”: “Cabe a nós somarmos forças e assim gerar uma possibilidade futura de novos mercados, agregando novas ações e estruturas”, declarou.

O representante do Clube Orgânico, Vítor Piranda, citou os problemas de mercado a ser enfrentados para atingir os objetivos discutidos. “É preciso organizar e reestruturar a rede de produtores para enfrentar três principais problemas de mercado: qualidade, regularidade e preço”, enumerou.

Ele destacou a proposta piloto de inserção de produtos em duas lojas físicas, diversificando a proposta do modelo online na qual a empresa já trabalha, atingindo um público-alvo com retorno garantido. “Isso pode impulsionar os produtores dentro dessa proposta de ter uma forma mais direta (de venda) por meio desses centros de distribuições fixos”, comentou.

Na opinião de Frederico Dantas, a grande missão do clube não está em atrair um maior número de consumidores orgânicos, mas, sim, começar de alguma forma a trazer uma percepção de negócios inovadora e mais rentável ao segmento. “Sabemos que existem diversos movimentos de capacitações (técnicas) do pequeno e médio agricultores, e isso foi uma grande evolução na questão de abertura desse tema para o segmento econômico orgânico. Trazer métodos de aceleração transforma o produtor em empresário, que produz, e o fará ainda melhor se estiver capacitado (na área do empreendedorismo)”, ressaltou.

“A consciência de consumo têm mudado, mas não na velocidade que o setor espera. Os pontos e mecanismos de comercialização mostram a importância do trabalho com um grupo seleto de consumidores que possuem um entendimento mais aprofundado de mudança na cultura alimentar”, disse o subsecretário adjunto, Adriano Lopes.

Segundo ele, não é só a maneira de produzir que impacta a relação dos consumidores com os produtos, sejam eles convencionais ou orgânicos dentro  do mercado, mas também o entendimento da capacidade de produção e da qualidade do produto. “O mercado a atingir, seja orgânico ou convencional, precisa ter a linha de empreendedorismo bem definida e desenvolvida”, disse.


Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.