Movimento para a mudança
Redes Sociais
Movimento para a mudança
Artigos, Destaques | | junho 11, 2018 em 09:36
A- A+

Temos que repensar o Brasil que queremos para o futuro. Esta foi uma das certezas que motivaram a criação, na última quarta-feira (6), da Frente Parlamentar Mista Brasil 200, da qual sou vice-presidente. A Frente surgiu como um desdobramento do Movimento Brasil 200, lançado no início deste ano por empresários que propõem uma nova agenda política de desenvolvimento para o país.

O evento aconteceu na Câmara dos Deputados e contou com a participação do pré-candidato à Presidência da República e fundador do Movimento Brasil 200, Flávio Rocha, que tem propagado a importância deste movimento.

Visamos discutir ações para devolver o Estado ao povo brasileiro. Sabemos da importância desta inciativa, não há como pensarmos em paliativos. Entre as propostas da Frente estão: a redução do custo da máquina pública; o combate à corrupção e ao excesso de regulamentação governamental; o estímulo à competitividade; o fim de privilégios ou proteções; e a diminuição da carga tributária.

A Frente nasceu com políticos engajados e temos certeza que já tem apoio popular. O grupo conta com o apoio de 249 deputados e 29 senadores, além de empresários, acadêmicos e membros da sociedade civil.

Estamos obstinados a devolver o Estado brasileiro ao povo brasileiro. Não é possível que as pessoas continuem a ser desrespeitadas em seus direitos, tais como: saúde e educação de qualidade.

Chegamos a um ponto que a população vive tempos de muito sacrifício, vivem cortando gastos para adequar seus orçamentos, verdadeiros malabarismos. Em contrapartida, a classe política e os altos escalões do serviço público agem como se tudo estivesse bem.

Defendemos algumas reformas que eu considero fundamentais. É hora de discutir e repensar o pacto federativo no Brasil e a carga tributária.

Nosso presidenciável, Flávio Rocha, defende o imposto único. Eu particularmente, faço críticas ferrenhas ao imposto de renda retido na fonte sobre o salário. Eu não concordo com esse imposto, que eu acho realmente uma covardia contra o trabalhador brasileiro.

Republicanos, estamos em um ano eleitoral, temos muito trabalho e a missão de levar a população a nos ajudar na reconstrução do nosso país e na retomada do crescimento. O povo tem o seu clamor, conhece a sua dor, mas todos nós, do partido, precisamos conhecer os esforços, avanços, projetos e iniciativas dos políticos do PRB. Temos um trabalho ativo nas redes sociais dos nossos políticos, que você deve acompanhar.

É hora de união de esforços, rever prioridades, descartar o que não interessa para o nosso projeto. Vamos enumerar as prioridades. Que todos nós vistamos a camisa, o objetivo é muito nobre. Estamos trabalhando muito para que a nossa campanha seja limpa, positiva, para que alcancemos o crescimento desejado.

Nós cremos na força da seriedade do nosso trabalho, não declinaremos, ao contrário, estamos juntos na missão da mudança do Brasil. Sigamos juntos.

Senador Eduardo Lopes
Presidente Nacional do PRB (Exercício)

Site: http://eduardolopes10.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/eduardolopesprb
Twitter: https://twitter.com/EduardoLopesPRB
Instagram: https://www.instagram.com/eduardolopesprb/

Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.