Redes Sociais
Equipe da Seappa visita Faetec e colônia de pescadores de São Gonçalo
Noticias, Seappa | fevereiro 14, 2019 em 10:30
A- A+

Caso da escola é de total abandono, mas situação será acompanhada pela Fiperj

Uma equipe técnica da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Rio (Seappa) esteve na unidade da Faetec de São Gonçalo a convite da gestora Nágela Coutinho e da colônia de pescadores. Objetivo foi avaliar a situação de abandono em que a instituição foi deixada pelos últimos anos.

Acompanhado do diretor de projetos, da Seappa, Alex Huah, o assessor especial Jayme Cavalcante considerou muito grave o descaso com a escola, que presta cursos que beneficiam mais de 50 famílias de pescadores da região.

“O problema da instituição é muito grave e merece o apoio da Fundação Instituto da Pesca do Estado (Fiperj) para a sua revitalização. Acredito que com a parceria da prefeitura e da Seappa, por intermédio do secretário Eduardo Lopes, faremos um levantamento para apurar se a área pertence à União e, assim, possamos distribuir títulos de propriedade aos pescadores, como também cuidar da legalização das embarcações e da validação do Registro Geral de Pesca Artesanal (RGP)”, disse.

E reiterou: “Nós vamos revitalizar a escola, ela conta com equipamentos prontos para uso, só precisamos trabalhar juntos para retomar os cursos profissionalizantes de pesca que eram ministrados na escola.”

Para Nágela, o apoio da Fiperj e da Seappa fará o diferencial para reativação do CVT de São Gonçalo. “Esta orla do Gradim é toda de pesqueiros, e os cursos oferecidos pela escola de pesca, aquaviário, entre outros, irão qualificar os pescadores e sua família. Esse é o intuito de ter a participação da comunidade, da prefeitura e da Seappa com a Fiperj”, afirmou a gestora.

Segundo Alex Marinho, o desenvolvimento local garantirá a manutenção do ensino de qualidade aos pescadores, bem como a garantia de emprego e renda de todos e melhorar o comércio local.

“Temos quatro anos para resgatar o que está abandonado nesta região. Ouvimos as reivindicações dos pescadores desta colônia e estamos confiantes de que traremos a dignidade aos mais de 50 pescadores que aqui vivem da pesca artesanal”, concluiu.

Ascom Seappa.

Tags: ,
Compartilhe
  • Tweet This!
  • Share on Facebook
  • Digg it!
  • Add to Delicious!
  • Stumble it
  • Subscribe by RSS
Posts Relacionados
Gostou deste artigo? Curta nossa Fanpage no Facebook!

Nenhum comentário Quero comentar!

No comments yet.

Leave a comment


www.eduardolopes10.com.br Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.